Gércia Sequeira: O país precisa de empreendedores

Para partilhar connosco a sua história de sucesso hoje temos em conversa a Gércia Sequeira. A Gérica é uma mulher empreendedora que tem uma forte crença que é capaz de fazer o que ela quizer.

Esse forte nível de confiança que tem para consigo mesma e aliado à sua capacidade de identificar oportunidades de negócio, fez com que ela fundasse a sua sua própria empresa, a ITIS que opera na área de tecnologias de informação e comunicação.

Mas para sabermos mais da Gércia, vamos ler a entrevista que cedeu ao SejaEmpreendedor. Boa leitura.

  1. Quem é a Gércia Sequeira e o que faz?

Gercia é uma mulher que nasceu numa família de classe média que vivia na província e que sempre acreditou que seria óptima em qualquer coisa que quisesse fazer.

  1. O que lhe motivou a seguir a carreira de empreendedorismo?

No meu circulo o nosso conceito de empresas sempre foi a de grandes empresas, tinha muita espectativa sobre elas até o momento em que comecei a trabalhar e percebi que tinha alimentado espectativas demais, apercebi-me que as pessoas que estavam por detrás das empresas não tinham nada de especial. Eu poderia ser uma delas! Essa grande descoberta aliada a identificação de uma oportunidade no mercado, fez surgir a ITIS.

apercebi-me que as pessoas que estavam por detrás das empresas não tinham nada de especial. Click To Tweet

  1. Fale-nos da sua empresa. Como é que se chama? Em que área é que opera? E o que faz?

ITIS– Instituto de Tecnologia Inovação e serviços, Opera em Tecnologia Informação, desenvolvemos softwares.

  1. Porque é que escolheu essa área para o seu negócio?

    • Por ser um deferencial para o desenvolvimento económico,
    • Área com menor barreira de crescimento
    • Onde o principal investimento é o capital humano “conhecimento”.

O país precisa de empreendedores somos a solução de desenvolvimento.

  1. Como é que consegue angariar novos clientes?

    • Antecipamo-nos, mostramos a necessidade e apresentamos a solução ao cliente;
    • Apostamos em soluções fáceis de serem usadas.
  1. Quais são os desafios do empreendedor em Moçambique?

    • Ausência de um quadro institucional que promove as inovações, a taxa de mortalidade de empresas que apostam em inovação é altíssima.
    • Valorização do produto / soluções estrangeiras em comparação à produção local.
  1. Será que vale a pena ser empreendedor no nosso país?

    • Não é fácil ser empreendedor em Moçambique, mais é o que o meu pais sempre diz as coisas fáceis não costumam valer a pena.
    • O país precisa de empreendedores somos a solução de desenvolvimento.
Não é fácil ser empreendedor em Moçambique. Click To Tweet
  1. Quais são os maiores desafios que a sua empresa enfrenta no seu dia a dia?

    • Ausência de suporte na inovação, temos produtos únicos no mercado sem patentes pela ausência delas no pais;
    • Não existe uma política clara de conteúdo local;
    • O quadro institucional do país não potencializa as soluções existentes.
  1. Qual é a chave do sucesso?

Existem duas chaves fundamentais para o nosso sucesso Conhecimento e Rede de Contactos.

  1. Quais são os planos da sua empresa para o futuro?

Desenvolver plataformas com sustentabilidade mas que tragam benefícios para camadas mais desfavorecidas.

  1. Como membro da ANJE, como é que isso tem beneficiado o seu negócio?

    • Rede de contactos
  1. Que conselho tem para os jovens?

Preocupem-se em criar redes de conctatos, organizarem-se em movimentos de associativismo de forma a poderem influenciar o quadro institucional a valorizar as inovações e a capitalizá-las.

  1. Últimas Palavras

Há muitas formas de ficar rico- uma delas é ter pais ricos (o problema é que não podemos escolher os nossos pais)! A outra, é casar com alguém rico! Ou se tivermos sorte podemos ganhar na loteria! Mas existe uma outra forma a dos empreendedores. Alguém que cria riqueza para ele próprio e para a sociedade.

É a sua Vez

Temos muito por agradecer a Gércia pela sua disponibilidade em partilhar a sua história com a nossa comunidade.

Tenho a certeza que todos aprendemos algo com esta entrevista, mas é importante sempre lembrar que aprender sem pôr em prática não serve para nada. A filosofia do SejaEmpreendedor é de partilhar histórias de sucesso de modo a servir de inspiração para si.

Espero que a história da Gérica serviu para lhe inspirar na sua jornada de empreendedorismo.

SejaEmpreendedor!

About Edgar Chaúque

Edgar Chaúque é o fundador do Seja Empreendedor, ele é Mentor e Coach de Negócios. E é também o fundador do TecnoFala, e do DinheiroFala , Share Your Ideas Online . É o Fundador da ZIKOMU MIDIA, e mentor do projeto ARQUITETOS DO FUTURO. Pode encontrá-lo também no seu blog pessoal.

Deixe um comentário

%d bloggers like this: